19.7.10

sobre ser feliz, em geral.

Será que dá para ser feliz sem dinheiro?

Tenho certeza que existem pessoas especiais e capazes de transformar qualquer situação legal o suficiente para que não precisemos nos preocupar com a roupa que vestimos, a maquiagem (ou a falta dela), a bebida que tomamos, a comida que comemos ou com o lugar em que estamos.

Mas infelizmente essas pessoas são raras e é sim muito difícil ter "cabeça" para aguentar e não precisar das facilidades que o dinheiro proporciona, depois de trabalhar, estudar, e resolver todos os pepinos que a vida nos proporciona diariamente.

Então a minha pseudo-solução, é questionar: estamos velhos? Como se a idade avantajada, fosse sinônimo de apatia, tédio, insatisfação e desmotivação para viver.

Afinal, quanto mais velhos, a vontade de viver aumenta, ou diminui?

Sempre tive a impressão que pessoas mais velhas que eu, é que usavam milhares de desculpas para não fazer as coisas: contas para pagar, muito calor, muito frio, cansaço, resfriado, preguiça, filhos, trabalho, etc...

Mas eu, com 21 anos e meio na cara, me vejo usando essas desculpas também.
Ou então, quando me disponho (!!) a fazer alguma coisa, às vezes não consigo me desligar das obrigações, e acabamos todos sempre recuando, nos restringindo, engolindo os sentimentos, voltando mais cedo para casa, rindo menos, chorando menos, vivendo menos.

Uma coisa que notei nesse final de semana é que se você vai num lugar bacana, com comida diferente, por exemplo, você vai pagar pelo conjunto.

Pra que ficar reclamando o tempo todo por esse preço, e no final ter que pagar do mesmo jeito? Por que não encarar como um presente, ou apenas curtir o lugar, a comida bacana e a companhia? O preço vai ser o mesmo no final, mas o caminho é muito mais fácil e divertido quando se aceita a "vida" como ela é, e não passamos o tempo todo lutando contra isso.

Eu acho mesmo que na minha (pouca) idade, eu deveria estar VIVENDO mais, e reclamando menos. Encontrando menos desculpas para fazer o que for que seja.

Em vez de se preocupar com o amanhã: enjoy the ride.

"Você não consegue escolher como você vai morrer, ou quando. Você consegue apenas decidir como você vai viver. Agora."
-- Joan Baez

3 comentários:

daniela malkovitz disse...

citando Joan Baez??? orgulho da tia Dani!!! : *
já volto pra "discutir o caso"
'D

daniela malkovitz disse...

sem dinheiro, não.
com pouco, no esforço, e com bom humor (considero isso defeito genético), sim.

p.s. o Daniel lê o blog? muito ficadica.

Juliana disse...

Falta o humor. hahaha

Ele não lê, que eu saiba. Mas conversei com ele sobre isso!

beijocompreitorradapranós